vinhos portugueses

Os vinhos portugueses são famosos e reconhecidos em todo o mundo. Produzidos especialmente na região do Douro e do Porto, eles têm histórias peculiares e, muitas vezes, desconhecidas.

Quem aprecia um bom vinho sabe que Portugal oferece excelentes rótulos, para os mais variados gostos e bolsos. Branco, tinto, rosé ou vinho do Porto: há inúmeras boas opções, que podem ser harmonizadas com carne, peixes, massas e muito mais.

A seguir, conheça 4 fatos que você provavelmente não sabia sobre os vinhos portugueses!

1.

O vinho verde português não é verde



O vinho verde não é verde, mas pode ser branco, tinto e rosé, sabia? Isso porque os vinhos produzidos na região do Minho, a noroeste de Portugal, ganham esse nome pela juventude, frescor quase efervescente e acidez tão característicos.

Os vinhos verdes são ideais para acompanharem os pratos típicos da cozinha regional, como a bacalhoada, por exemplo.

Os vinhos verdes ganham cada vez mais fama em todo o mundo, pois são refrescantes e fáceis de beber inclusive no verão. As uvas utilizadas na fabricação do vinho verde são Alvarinho e Loureiro.

2. Os vinhos portugueses foram reconhecidos há pouco tempo

Embora Portugal seja produtor de vinhos desde a expansão romana, no século III a.C, e do Vinho do Porto ser reconhecido desde o século XVII, há apenas duas décadas, Portugal obteve reconhecimento pela qualidade de seus vinhos.

Um dos fatores que acelerou esse processo foi a entrada dos portugueses na União Europeia. Então, vieram investimentos tecnológicos e culturais em várias promissoras regiões do país.

3. As uvas nativas são altamente valorizadas

As uvas nativas são um orgulho português. A estimativa é de que existam mais de 250 variedades de uvas autóctones, entre tintas e brancas.

O foco é a produção de vinhos típicos a partir de castas e variedades nativas ou cultivadas no país desde os tempos dos romanos e fenícios, como a Touriga Nacional, Touriga Franca, Trincadeira, Aragonês, Baga, Castelão, Alvarinho, Arinto, Fernão Pires, Encruzado e muitas outras.

4. O Brasil é um dos países que mais recebem vinhos de Portugal

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Comércio Exterior e Serviços, Portugal já ultrapassou a Argentina e só fica atrás do Chile na exportação de vinhos para o Brasil.

Mesmo com as barreiras de impostos brasileiros, os vinhos de Portugal fazem muito sucesso por aqui e a tendência é que ele só aumente.


Terra do Vinho do Porto, Portugal tem uma vasta história nessa área. Vale a pena conhecer os melhores vinhos portugueses e aprender a combiná-los com diversos pratos.

E a sua cidadania portuguesa? Se precisar de assessoria no processo, fale com a Horizon Portugal.

Ler mais notícias