Uma das formas mais simples e úteis de se locomover por Lisboa, os bondes são, acima de tudo, atrações turísticas. Com uma rede composta por cinco rotas e 57 bondinhos (denominados elétricos), o transporte por bondes da capital portuguesa é um charme!



A rota Bonde 28, por exemplo, conta com um bonde de madeira que nos transporta a outra época. Com um sino que toca para alertar os pedestres, ele vai do Castelo de São Jorge até o Bairro Alto. Com um trajeto que cobra cerca de dez quilômetros, permite que os turistas conheçam os bairros Graça, Mouraria, Alfama, Baixa, Chiado, Madragoa e Bairro Alto.

Já o Bonde 15  leva a Belém e, por isso, é bastante utilizado. Moderno e altamente útil, esse bondinho tem parada inicial na estação “Cais de Sodré” – um terminal próximo à Praça do Comércio.

A história dos bondes em Lisboa



Os primeiros bondes portugueses começaram a circular em Lisboa no ano de 1872.

Lentos e puxados por cavalos, eles se tornaram elétricos apenas em 1900. Cobriam uma extensão de 76 quilômetros, reduzida para 26 nos dias de hoje.

Ao ligarem os bairros altos e baixos da cidade, os bondes promovem uma viagem ao tempo. Dentro deles é possível conhecer um pouco da história de Lisboa e voltar aos anos 50 – época do eu auge.

Atualmente, os bondes que circulam pela capital portuguesa foram fabricados entre os anos de 1936 e 1947. Todos, no entanto, foram reformados e estão em perfeito estado de conservação.

As linhas funcionam no sistema de hop-on/hop-off, por meio do qual o passageiro pode descer nas paradas e embarcar em outro bonde depois.

Em geral, os elétricos passam a cada 30 minutos. Seu horário de funcionamento vai das 9h30 às 17h30 (outono e inverno) e das 9h30 às 18h20 (primavera e verão).

Os bilhetes desse bonde turístico vermelho, válidos por um dia, custam 19 euros para adultos e 9,50 para crianças.

Como utilizar os bondes tradicionais



As viagens com bondes tradicionais – aqueles amarelinhos – custam 2,85 o bilhete avulso. Com o Cartão Lisboa Viva eles saem por 1,40.



Uma rota interessante de ser feita com esse bonde é a feita pelo Elétrico 12. Ele faz um passeio pela Mouraria, Alfama e redondezas do Castelo de São Jorge.

Quer desfrutar das belezas de Lisboa e da Europa sendo um cidadão português? Fale com a Horizon e veja como podemos te ajudar a analisar e solicitar a cidadania portuguesa.

Ler mais notícias