Afinal de contas, o seguro viagem é obrigatório para entrar em Portugal?

A resposta é “sim”, embora, muitas vezes, ninguém te peça para mostrar a documentação.

Acontece que é altamente indicado que você faça um seguro viagem para visitar qualquer local. Caso contrário, qualquer eventualidade pode te custar muito caro.



O que é o seguro viagem e como ele funciona



O seguro viagem cobre uma série de coisas, tais como extravio e perda de bagagem, cancelamento de voos ou passagens ida e volta para familiares.

Casos extremos como translado de corpo, internação, assistência jurídica e seguro por morte acidental também são cobertos.

É claro que ninguém deseja utilizar esses serviços, mas já pensou se qualquer eventualidade surge na viagem? Pagar separadamente por uma internação ou arcar com outras despesas sai muito caro!

Independentemente de ser obrigatório ou não, o seguro viagem para Portugal é muito importante e você deve fazê-lo sempre.

Que tipo de seguro viagem devo contratar?



O ideal é optar por um seguro viagem com franquia mínima de 30 mil euros de despesas médicas.

Como a saúde pública em Portugal não é gratuita, já pensou em adoecer no país? Qualquer consulta pode sair muito mais cara do que o seguro viagem.

Há inúmeros tipos de seguro viagem, que cobrem despesas menores ou até preveem muito mais gastos.

Em uma cotação simples, é possível identificar preços que vão desde R$ 96 até R$ 250.

Ao escolher, avalie se há pessoas com mais idade ou com doenças preexistentes e que precisem de uma cobertura maior.

Ao optar por esse recurso você tem muito mais tranquilidade caso seu voo seja cancelado, bagagem extraviada ou surjam problemas de saúde.



Viaje para Portugal com tranquilidade. Faça um seguro viagem e concentre-se apenas em se divertir na terrinha!

Se precisar de ajuda para obter sua cidadania portuguesa, nós, da Horizon Portugal, te ajudamos. Clique aqui e fale conosco!

Ler mais notícias