comprar imóvel em Portugal

É cada vez maior o número de brasileiros que desejam investir em imóveis no exterior. Seja para alugar ou viver ali, um imóvel em Portugal representa altas chances de valorização, porém é necessário entender o passo a passo de como transferir recursos para fazer a transação.

Quem deseja transferir dinheiro para Portugal e comprar um imóvel precisa ficar atento a pontos como a melhor forma de se fazer isso, pagamento de impostos, documentação necessárias, leis locais, entre outros pontos.

Veja, a seguir, um guia de como transferir recursos para comprar um imóvel em Portugal:

Como transferir dinheiro a Portugal



Para comprar um imóvel em Portugal, é preciso fazer a transferência de recursos do Brasil. Existem diversas formas de se fazer isso, incluindo bancos, correios, plataformas online (Remessa Online, MoneyGram, Western Union, etc.), mas qual é a melhor?

Em geral, plataformas online são a melhor forma de transferir dinheiro para Portugal no caso de comprar um imóvel. Elas oferecem mais benefícios ao usuário e taxas mais baixas, bem como menor tempo para o dinheiro chegar ao destino.

Todo o serviço é realizado pela internet, e pode ser feito de um smartphone, tablet ou computador.

Importante: Analisar cada caso individualmente para verificar se para você esta é a melhor opção.

É preciso pagar imposto para transferir dinheiro a Portugal?



O imposto pago nesse tipo de transação é o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), incidente sobre 0,38% do valor transferido. Os bancos também cobram uma taxa de serviço para fazer a transferência do dinheiro, mais a diferença entre a moeda negociada no mercado e o que é cobrado pela instituição.

Pode, ainda, haver incidência de imposto de renda se a transferência for efetuada para empresa. Isso porque a transferência dos valores pode ser interpretada como um serviço.

Na Remessa Online, por exemplo, as taxas são de 1,3%. Não são cobrados outros impostos, taxas ou incidência no imposto de renda.

Em relação ao limite de valor que pode ser transferido, cada instituição tem um valor específico.

Quem deseja enviar quantias maiores para a compra de um imóvel precisa fazer um cadastro completo na plataforma escolhida. Assim, o limite se baseia no seu imposto de renda.

Os documentos podem variar de acordo com a instituição, mas alguns deles são:

• Documento de identidade RG ou CNH, emitida nos últimos 10 anos;
• Declaração atualizada do Imposto de Renda;
• Comprovante da declaração de entrega do Imposto de Renda;
• Comprovante de residência emitido nos últimos três meses, no nome do titular ou dos pais;
• Ficha cadastral preenchida.

Sobre a declaração de Imposto de Renda, é necessário saber que todos os envios acima de R$ 10 mil (ou valor equivalente em outra moeda) para o exterior devem ser declarados como “Remessa ao Exterior”.


Comprar um imóvel em Portugal pode representar o primeiro passo de uma nova vida.

A Horizon Portugal pode te ajudar com toda a documentação para obter o visto português. Fale conosco e veja como podemos te ajudar!

Ler mais notícias